sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Liseuse, romeirinha, escalfeta e, a pedido de várias famílias, meias da serra

Nada disto tem a ver com a Roménia e, se esperam peripécias ou notícias de uma lula (ridícula) em Bucareste, não é agora que vão encontrar.
Está bastante frio, e isso faz-me lembrar como sempre vivi o frio no Inverno. Ou seja, com muita intensidade.

Sou uma pirosa. Friorenta e pirosa. Isso faz com que muitos dos hábitos aquiridos na minha vida, sejam uma valente piroseira, chegando até à parolice. Mas pelo menos, é uma parolice quentinha. Ainda hoje sou gozada pela liseuse que usava por cima do meu pijaminha (mais quente do que dos demais).
O que é uma liseuse? Ora, uma liseuse é um peça de roupa interior que se usa por cima do pijama para agasalhar. Nada de mal, pela descrição podia até ser sexy, mas não era. Era uma valente pirosada. Mas quando se é pirosa, há que o ser até ao final. Por isso mesmo, combinava-a com umas belas meias de lã (que podiam não ser da serra, mas que certas pessoas insistem que eram e há que fazer contades), por cima de outras 4, que alternavam entre o algodão e o polyester. Impecável. Era a substituição de pés por autênticos chouriços. Uma maravilha...
Para denegrir por completo a minha imagem, resta pintar o cenário em que algumas vezes (mas poucas) me encontrava. Descobri uma peça de roupa nunca até essa data mencionada entre amigos (era porque ninguém usava, e ainda bem). O seu nome é romeirinha.
A romeirinha está entre o xaile e o poncho. Tem a funcionalidade dos dois mas é mais prático do que o xaile, pode-se apertar não precisando de estar permanentemente a ser ajeitado e confere mais mobilidade do que o poncho. É quentinho e acolhedor…gosto muito. “Ah, só te falta mesmo o crochet”. Nada disso, nunca fui dada ao crochet, dei uns toques no tricot, mas rapidamente percebi que não foi para as actividades terminadas em “t” que fui talhada. O que me faltava era a escalfeta.
A escalfeta, para os mais novos (por mais novos entenda-se sub 80) trata-se de uma estrutura metálica, electricamente aquecida, coberta de ripinhas de madeira, cuja função principal é aquecer os pés de qualquer velhinho ou, caso se entenda, de qualquer parolinha friorenta. Fizeram as delícias destes pés durante algum tempo.

Notas:
- já lá vai algum tempo. Hoje em dia não uso nada destas pirosadas, sou praticamente uma fashion
- Esta posta foi-me encomendada e a isso se deve o disparate do tema.
- Não vale a pena, não vou falar do número de cobertores que usava por debaixo dos 2 edredons (que me recuso a dizer edredão)
- só consegui encontrar imagens da escalfeta e por isso, para a romeirinha e a liseuse não chorarem, decidi não a publicar

14 comentários:

Seninhos disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Seninhos disse...

É importantíssimo declarar AQUI que esta descrição está muito soft. Para quem já viu ao vivo e a cores, a imagem é muito mais horripilante! São camadas e camadas de roupa muito reboludas e mal amanhadas!Questinei-me várias vezes:"como é que ela ainda consegue abanar a cabeça?".A Lula tinha que começar a vestir o pijama às 6 da tarde, se queria estar pronta para se deitar ás 11h!Contudo, ao que parece as casas romenas são aquecidas e a Lula já dispensa 2 ou 3 camisolas interiores.Nada mau!
Relembro ainda que muitas vezes ainda havia uma gata preta que juntava à festa...
(e eu na cama do lado a tiritar de frio!)
That's life!

lula disse...

LOL
isso é uma completa mentira que me recuso a comentar! Começar a vestir-me as 9h para estar na cama às 11h chegava PERFEITAMENTE, e exageros são coisas que me irritam. AH! tiritavas de frio, há invejas escondidas...sabias que "a inveja é um sentimento mt feio"?

Bart Bernardes disse...

Hum...

Um gajo não surtia o mesmo efeito do que essa roupa agasalhadora toda??

janeca disse...

Pois é também conheço bem essa descrição e contudo acho que se esqueçeu de um permenor importantissimo o roupão que cobre toda esta bela indumentária tornando-a numa sexy chouriça. A sorte dela é que as casas em Bucareste são aqueçidas o suficiente. Se não, não havia dinheiro que chegasse para pagar o excesso de bagem que levaria para só para dormir. Há pessoas mesmo ridículas... Se quiseres umas meinhas até ao joelho quentinhas com sola anti-derrapantes empresto-tas pra usares aí por casa.

lula disse...

Família, acalmai-vos com tanta parvoíce junta. Bart, tu também! Bocas foleiras a um post q fiz quase obrigada, pelos cabelitos, sob chantagem dura, é triste! Menos, estou na roménia, desamparada, há que haver respeitinho. Gosto muito de vocezes, mas...menos...

Gipsy Queen disse...

Tenho a declarar duas coisas importantíssimas!!! A 1ª é que esta mulher aqui em casa é uma brasa... anda sempre toda descapotável! Só nao usa o seu topzito rosa porque não o encontra... de resto só roupa xexi e fashion!!! A 2ª é que gostei especialmente da parte do desamparada na Roménia! Xa-te andar! Hás-de ter mtas amigas hás-de! :P

Beijo míuda*

Paulo disse...

A menina que diz osjolhos, osjombros, osjoélhos e derivados de certeza que usa essas coisas medievais...

Aliás informo que a radio mais in na roménia é a que passa os grandes hits dos anos 80 e 90...

Ele é o Rei e Biquini às bolinhas amarelas!

*

lula disse...

Olha-me este! Ainda agora chegou e já esta a mandar papaiajeee!! Nunca disse ojolhos nem ajorelhas! E não sei o que queres dizer com "bikini pequenino as bolinhas amarelas" e "ele é o rei". Sei que mais bocas do género e quando o burguês das high cost vier visitar a cigana do quarto ao lado e eu faço-lhe a folhinha!!

Seninhos disse...

Olhai minha gente!!! Novo record de garfadas! Este arrozinho tá à maneira!!!
Saia mais uma arrozada!

Seninhos disse...

Ó CHEFE, TENHO FOME!

Paulo disse...

LOOOL

Desculpa lá mas tenho que discordar porque lembro-me perfeitamente de quando tiveste o privilegio de falar comigo: " Xim xou de Abeiro, a terra doz obos molez que até os comes com osjolhos"

E a viagem já está marcada. Agora fazer a folhinha ahahah não tenho medo de quem me pergunta por uma musica dos onda choc às 4h da matina...

E nem me atrevo a contar o resto da conversa loool

*

lula disse...

É disto que os meus clientes gostam? Sai mais uma arrozada? O refugado está a apurar! Esperem...
Paulinho...traz onda choc, ministars e queijinhos frescos. Também dou uns toque na Ana Faria "brincando aos clássicos".

Paulo disse...

LOOOL

Eu levo o queijinho fresco na boa (apetecia-me brincar com a palavra queijo mas por respeito não o vou fazer).

Gostei desse brincando aos classicos quem não se recorda de Nel Monteiro,Chiquitita,Quinzinho de Portugal,Diapasão...

Já não se faz boa musica portuguesa...

enfim..